extensão

Projeto de extensão: a relação entre teoria e prática

Você já deve ter ouvido essas três palavras: ensino, pesquisa e extensão. Elas são os pilares das universidades e da docência. O ensino está atrelado ao conteúdo que é passado aos estudantes e, por isso, remete com frequência à sala de aula. A pesquisa, por sua vez, lembra do desenvolvimento da ciência, traduzidas nas revistas acadêmicas. Já a extensão, às vezes esquecida, é de grande importância, pois remete a retribuir benefícios para a sociedade por meio da prática dos conteúdos aprendidos. Uma educação de qualidade deve envolver esses três pilares e isso pode ser obtido por meio de parcerias, abordagens inovadoras, atividades multidisciplinares, entre outros.

Um exemplo muito legal sob essa ótica, de como é possível aliar o ensino e a prática e gerar valor para a sociedade, é o projeto de Extensão Negócios de Impacto Social, promovido pelo Sebrae. O projeto está sendo aplicado, inicialmente, em Minas Gerais e deve atingir outras universidades pelo Brasil no próximo ano.

O projeto implica na divulgação do conceito de Negócios de Impacto Social (que já comentamos aqui no blog) e estimula a criação de novos empreendimentos neste segmento. Por isso, engloba conteúdos relacionados também a outras disciplinas, como empreendedorismo, conceitos de administração e liderança, entre outros. Para a aplicação do projeto, professores de diferentes áreas são capacitados, o que enriquece ainda mais essa multidisciplinaridade.

Além dos estudantes, moradores de comunidades da vizinhança também podem participar do projeto de extensão. Dessa forma, além de levar o conhecimento e a iniciativa para a sua comunidade, esses participantes externos também trazem novas experiências e vivências aos estudantes que, muitas vezes, não tiveram contato com realidades diferentes.

Por fim, mas não menos importante, um projeto com a proposta de difundir o conceito de Negócios de Impacto Social e desenvolver novos empreendimentos dentro deste setor acaba gerando benefícios em diferentes áreas, já que cada iniciativa criada ali pode buscar resolver um problema diferente da sociedade.

A proposta é mesclar os conteúdos em sala de aula com muita prática nas comunidades. Realmente vivenciar os problemas enfrentados, conhecer o público-alvo dos futuros empreendimentos e pensar em soluções inovadoras e sustentáveis também financeiramente. O modelo de negócios é construído de forma bastante colaborativa, e diversas visitas também são propostas para conhecer como outras iniciativas acontecem no dia a dia.

Ao final do projeto, um grupo de pessoas escolhidas, que conhecem o tema ou que são investidores da área, avaliam a proposta de negócio, no mesmo formato utilizado para a prospecção de investimento. Dessa forma, é possível realizar bons “testes” antes de entrar no mercado e estimular, ao mesmo tempo, diversas questões importantes para a formação de um empreendedor e também de um cidadão.

Um dos materiais que foi utilizado para a criação deste projeto de extensão foi o livro “Negócios de Impacto Social: um Guia Prático”, de nossa autoria, e que vai ser lançado, oficialmente, no início do próximo semestre. Até lá, você pode encontrar mais informações sobre esse tipo de empreendimento aqui no blog e em páginas de outros atores do setor, como o Sebrae, a Artemísia e a Yunus Negócios Sociais.

Laís Mezzari e Thiago Chaves

Laís Mezzari é mestre em Administração pela ESAG/UDESC, com foco em Sustentabilidade e Responsabilidade Socioambiental Corporativa. Junto com Thiago Chaves, é co-autora do livro “Negócios de Impacto Social: um guia prático”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *