parceria

Na era da colaboração, a parceria faz a diferença

Em um mundo cada vez mais colaborativo, é normal a criação de parcerias para desenvolver empreendimentos. Parceria de marketing, de projeto, de desenvolvimento de produto, parceria para inovação… são diversas as possibilidades no mundo dos negócios.

Esse relacionamento entre diferentes instituições pode oferecer diversos benefícios, como partilhar o risco do negócio, diminuir os custos de produção ou distribuição, ter acesso a novos mercados ou tecnologias, entre outros. Uma parceria pode ser considerada ideal quando os dois lados crescem juntos.

Cuidados

Mas é necessário ter alguns cuidados, pois nem tudo são flores. O perigo acontece quando um dos lados se torna dependente do outro. Deixar a função principal do empreendimento na mão de outra empresa, por exemplo, é bastante arriscado. Imagina se de uma hora para a outra ela resolve deixar de funcionar? Ou ainda se cria políticas de preço e prazos totalmente desconectados do seu negócio? A sua empresa acaba ficando refém da parceira.

É por isso que é necessário pensar bastante e fazer diversos questionamentos antes de fechar uma parceria. Quando ela envolve a cadeia de produção da empresa, também é interessante fazer um contrato para deixar todo o projeto documentado e bem estabelecido.

Vantagens

Apesar disso, se bem pensada, a parceria pode trazer muitos benefícios. Por isso, é importante não se fechar para essas possibilidades, acreditando que tudo deve ser feito por você mesmo, e deixar de firmar alianças que podem viabilizar ou otimizar o seu negócio.

Pensar em possíveis parceiros de áreas totalmente diversas também pode ser uma proposta interessante para alcançar novos públicos e estimular a inovação. O importante é que se alcance os objetivos específicos e que eles sejam mutuamente desejáveis.

Para colocar a mão na massa

O primeiro passo para começar uma parceria de sucesso é identificar quem seriam bons parceiros que teriam os recursos necessários. Nessa fase de contato e “namoro”, é interessante começar o relacionamento com pequenas reuniões, sentindo, aos poucos, a pré-disposição da outra empresa.

Posteriormente, também é importante ter atenção a algumas características para que a aliança seja efetiva e coerente:

  • Deve haver foco na mudança social buscada e na missão das organizações;
  • Conhecimento profundo do tema, das condições e dos objetivos;
  • Credibilidade pública e política de ambas as partes;
  • Capacidade financeira para sustentar a parceria.

Mesmo com a parceria formada e consolidada, é importante fazer a manutenção deste relacionamento. O segredo é buscar por um parceiro que adicione valor para o seu empreendimento, e que o trabalho conjunto seja mais interessante que o trabalho individual.

Laís Mezzari e Thiago Chaves

Laís Mezzari é mestre em Administração pela ESAG/UDESC, com foco em Sustentabilidade e Responsabilidade Socioambiental Corporativa. Junto com Thiago Chaves, é co-autora do livro “Negócios de Impacto Social: um guia prático”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *