2016-07-12

Educação empreendedora: ensinando a pensar diferente

De acordo com dados da Endeavor, no Brasil, 3 em cada 4 pessoas têm o sonho de empreender, porém, apenas 9% se preparam para começar o seu próprio negócio. Para você ter uma ideia de como estamos em comparação com o resto do mundo, no Chile e na Argentina esses dados são de, respectivamente, 43% e 20%. Isso demonstra a falta de uma educação empreendedora no país.

Se analisarmos mais a fundo, esse é um grande problema para a sociedade. Além de termos pessoas frustradas pois não conseguiram realizar o seu sonho, a taxa de falência de empresas com pouco tempo de existência tende a aumentar e o número de autoempregos gerados é menor, impactando ainda mais os período de crise econômica.

 

Bom para todos

Mesmo para quem não pretende ter o seu próprio negócio, a educação empreendedora certamente fará a diferença em seu desenvolvimento pessoal e profissional. O empreendedorismo estimula a busca pela solução dos problemas, o pensamento criativo e inovador, além da autonomia e proatividade. Essas características são essenciais para qualquer tipo de trabalho e são diferenciais de destaque para quem busca um emprego ou um melhor posicionamento profissional.

Por todos esses motivos, a educação empreendedora não deve ser apenas direcionada a cursos de Administração, mas sim para todas as graduações. E mais, essa postura não deve se restringir à disciplina de empreendedorismo, mas fazer parte de um novo modelo de educação em diversas disciplinas.

Ou seja, que o aprendizado seja feito de forma prática, que estimule o estudante a encontrar soluções junto com o professor e os colegas, e que mostre que o aluno pode fazer a diferença no que ele se propõe a realizar.

 

Soluções

Apesar dos dados preocupantes, é possível perceber que o tema tem ganhado mais destaque nas discussões do ramo nos últimos tempos. O empreendedorismo tem se fortalecido e alcançado diferentes públicos.

Hoje, com a internet, não só os professores, mas a sociedade em geral têm acesso a informações de extrema qualidade sobre o tema. Várias iniciativas se propõe a incentivar a educação empreendedora no Brasil.

Neste cenário, quem busca mais informações sobre o tema pode procurar as iniciativas do Programa Nacional de Educação Empreendedora do Sebrae, que realiza ações em várias cidades do país. Também pode buscar informações no Movimento Educação Empreendedora, uma iniciativa do Sebrae com a Endeavor. E na própria Endeavor, que atua fortemente nesse objetivo e possui diversos materiais dos mais variados assuntos para incentivo ao empreendedorismo.

Se o empreendedorismo tem o poder de mudar a economia e o mundo, a educação empreendedora é o caminho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *